quinta-feira, 3 de Março de 2011

Estudar em Portugal

Para que percebam melhor o funcionamento do ensino em Portugal, devemos definir e explicar alguns conceitos. Os pré-requisitos são condições de natureza física, funcional ou vocacional que assumem particular relevância para acesso a determinados cursos do ensino superior.
Compete a cada estabelecimento de ensino superior decidir se a candidatura a algum dos seus cursos deverá estar sujeita à satisfação de pré-requisitos e fixar o seu conteúdo.
Os pré-requisitos podem, consoante a sua natureza, ser eliminatórios, destinar-se à selecção e seriação ou apenas à seriação dos candidatos. No caso do curso de Medicina, destina-se à selecção dos candidatos consoante as provas de ingresso, a nota de candidatura e a comunicação interpessoal -grupo B (exposto no quadro seguinte).

Grupo B – comunicação interpessoal
Ausência de deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira gravemente com a capacidade funcional e de comunicação interpessoal a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia.

Forma de Comprovação
Atestado médico comprovativo de que satisfaz o pré-requisito, a entregar no acto da matrícula e inscrição no ensino superior, no par estabelecimento/curso que o exige, caso ali venha a obter colocação, sendo condição indispensável para a realização da referida matrícula e inscrição.

Provas de ingresso a realizar
- As provas de ingresso para a candidatura à matrícula e inscrição no ensino superior no ano lectivo de 2010/2011 concretizam-se através dos exames nacionais do ensino secundário.
- As provas de ingresso a realizar para a candidatura a cada curso, em cada estabelecimento de ensino superior, são fixadas por cada estabelecimento de ensino superior.
- Em todas as faculdades de medicina em Portugal as provas de ingresso são: Biologia e Geologia; Física e Química e Matemática.
Provas de ingresso
Exame
02 Biologia e Geologia
702 Biologia e Geologia
07 Física e Química
715 Física e Química
16 Matemática
635 Matemática A

Importante:
 - Para cada curso em cada instituição só podem ser utilizados como provas de ingresso os exames em que se tenha obtido uma classificação igual ou superior à classificação mínima em todas as provas de ingresso pedidas por cada instituição.
As classificações mínimas das provas de ingresso são divulgadas anualmente no Guia da Candidatura para os concursos desse ano.
- Segundo a Deliberação n.º 1134/2006 da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior, os exames nacionais são válidos como provas de ingresso no ano da sua realização e nos dois anos seguintes.
- Ainda de acordo com a Deliberação n.º 1134/2006 da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior, na 1.ª fase do concurso pode-se utilizar como provas de ingresso:
  • Os exames realizados na 1.ª fase de exames do ano da candidatura ou dos dois anos anteriores;
  • Os exames realizados na 2.ª fase de exames do ano da candidatura ou dos dois anos anteriores, desde que não se tenha realizado nenhum exame na 1º fase. 
Genericamente, podes utilizar como prova de ingresso na 1.ª fase do concurso o primeiro exame nacional (da 1.ª ou 2.ª fase de exames) que realizes no ano da candidatura ou nos dois anos anteriores (será considerada a melhor classificação).
A repetição num mesmo ano (de um exame também realizado na 1.ª fase) significa que o exame da 2.ª fase de exames só pode ser utilizado como prova de ingresso numa candidatura à 2.ª ou 3.ª fases do concurso.

Datas
- Os prazos de inscrição para admissão às provas dos exames nacionais do ensino secundário decorrem nos seguintes períodos:

1.ª fase:
Prazo normal — de 21 de Fevereiro a 2 de Março de 2011;
Prazo suplementar — 3 e 4 de Março de 2011.

2.ª fase:
Prazo único — de 18 a 20 de Julho de 2011.

- As inscrições para a 2.ª fase destinam -se aos alunos:
a) Não admitidos a exame na 1.ª fase;
b) Que pretendam realizar exames de equivalência à frequência;
c) Que pretendam realizar exames nacionais de disciplinas em que não houve inscrição na 1.ª fase;
d) Que pretendam obter melhoria de classificação de exames que já tenham sido efectuados na 1.ª fase.

— Os prazos de inscrição para admissão a provas de exame de equivalência à frequência são os estabelecidos no n.º 17 do presente despacho, excepto para os alunos que anularem a matrícula até ao 5.º dia de aulas do 3.º período, inclusive; neste caso, a inscrição será efectuada nos termos do regulamento dos exames.

— Os exames das disciplinas dos cursos do ensino secundário realizam -se nos seguintes períodos:
1.ª fase — chamada única — de 20 a 30 de Junho de 2011;
2.ª fase — chamada única — de 22 a 27 de Julho de 2011.

— As provas de equivalência à frequência realizam -se também em chamada única, tendo como referência, tanto quanto possível, os períodos estabelecidos no número anterior.

— A inscrição e a realização dos exames das disciplinas que se constituam como provas de ingresso para candidatura ao ensino superior em 2011 ocorrem nas mesmas datas e prazos referidos

— As pautas referentes às classificações dos exames nacionais e dos exames elaborados a nível de escola são afixadas:
a) 1.ª fase — em 15 de Julho de 2011;
b) 2.ª fase — em 9 de Agosto de 2011.

— Os resultados dos processos de reapreciação das provas dos exames nacionais e dos exames elaborados a nível de escola do ensino secundário são afixados:
a) 1.ª fase — em 19 de Agosto de 2011;
b) 2.ª fase — em 8 de Setembro de 2011.







Faculdades de Medicina em Portugal

Universidade da Beira Interior
Endereços e contactos do estabelecimento
Rua Marquês d’Ávila e Bolama 6201-001 Covilhã
Tel: 275319000 , 275319700
Fax: 275319057
Características do Estabelecimento/Curso
Grau: Mestrado Integrado
Duração: 12 Semestres
Concurso: Nacional
Vagas para 2010/2011: 140
Tipo de Ensino: Ensino Superior Público Universitário
Pré-Requisitos
Tipo: Selecção
Grupo B - Comunicação interpessoal
Provas de Ingresso
02 Biologia e Geologia
07 Física e Química
16 Matemática
Classificações Mínimas
Nota de Candidatura: 140 pontos
Provas de Ingresso: 140 pontos
Fórmula de Cálculo
Média do secundário: 50%
Provas de ingresso: 50%

Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa
Endereços e contactos do estabelecimento
Campo dos Mártires da Pátria 1169-056 Lisboa
Tel: 218803000 , 218853000
Fax: 218851920
Características do Estabelecimento/Curso
Grau: Mestrado Integrado
Duração: 12 Semestres
Concurso: Nacional
Vagas para 2010/2011: 230
Tipo de Ensino: Ensino Superior Público Universitário
Pré-Requisitos
Tipo: Selecção         
Grupo B - Comunicação interpessoal
Provas de Ingresso
02 Biologia e Geologia
07 Física e Química
16 Matemática
Classificações Mínimas
Nota de Candidatura: 150 pontos
Provas de Ingresso: 140 pontos
Fórmula de Cálculo
Média do secundário: 50%
Provas de ingresso: 50%

Universidade de Lisboa – Faculdade de Medicina
Endereços e contactos do estabelecimento
Avenida. Prof. Ega Moniz 1649-028 Lisboa
Tel:217985100
Fax: 217985110
Características do Estabelecimento/Curso
Grau: Mestrado Integrado
Duração: 12 Semestres
Concurso: Nacional
Vagas para 2010/2011: 295
Tipo de Ensino: Ensino Superior Público Universitário
Pré-Requisitos
Tipo: Selecção
Grupo B - Comunicação interpessoal
Provas de Ingresso
02 Biologia e Geologia
07 Física e Química
16 Matemática
Classificações Mínimas
Nota de Candidatura: 160 pontos
Provas de Ingresso: 140 pontos
Fórmula de Cálculo
Média do secundário: 50%
Provas de ingresso: 50%

Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Endereços e contactos do estabelecimento
Rua Larga 3004-504 Coimbra
Tel: 239857700
Fax: 239823236
Características do Estabelecimento/Curso
Grau: Mestrado Integrado
Duração: 12 Semestres
Concurso: Nacional
Vagas para 2010/2011: 255
Tipo de Ensino: Ensino Superior Público Universitário
Pré-Requisitos
Tipo: Selecção
Grupo B - Comunicação interpessoal
Provas de Ingresso
02 Biologia e Geologia
07 Física e Química
16 Matemática

Classificações Mínimas

Nota de Candidatura: 140 pontos
Provas de Ingresso: 140 pontos
Fórmula de Cálculo
Média do secundário: 50%
Provas de ingresso: 50%

Universidade do Minho
Endereços e contactos do estabelecimento
Largo do Paço 4704 – 553 Braga
Tel: 253601100
Fax: 253616936
Características do Estabelecimento/Curso
Grau: Mestrado Integrado
Duração: 12 Semestres
Concurso: Nacional
Vagas para 2010/2011: 120
Tipo de Ensino: Ensino Superior Público Universitário
Pré-Requisitos
Tipo: Selecção
Grupo B - Comunicação interpessoal
Provas de Ingresso
02 Biologia e Geologia
07 Física e Química
16 Matemática
Classificações Mínimas
Nota de Candidatura: 140 pontos
Provas de Ingresso: 140 pontos
Fórmula de Cálculo
Média do secundário: 50%
Provas de ingresso: 50%

Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Porto
Endereços e contactos do estabelecimento
Largo do Prof. Abel Salazar, 4499-003 Porto
Tel: 222062200
Fax: 222062232
Características do Estabelecimento/Curso
Grau: Mestrado Integrado
Duração: 12 Semestres
Concurso: Nacional
Vagas para 2010/2011: 155
Tipo de Ensino: Ensino Superior Público Universitário
Pré-Requisitos
Tipo: Selecção
Grupo B - Comunicação interpessoal
Provas de Ingresso
02 Biologia e Geologia
07 Física e Química
16 Matemática
Classificações Mínimas
Nota de Candidatura: 150 pontos
Provas de Ingresso: 150 pontos
Fórmula de Cálculo
Média do secundário: 50%
Provas de ingresso: 50%

Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
Endereços e contactos do estabelecimento
Alameda Prof. Hernâni Monteiro 4200-319 Porto
Tel: 225513600
Fax: 225513605
Características do Estabelecimento/Curso
Grau: Mestrado Integrado
Duração: 12 Semestres
Concurso: Nacional
Vagas para 2010/2011: 245
Tipo de Ensino: Ensino Superior Público Universitário
Pré-Requisitos
Tipo: Selecção
Grupo B - Comunicação interpessoal
Provas de Ingresso
02 Biologia e Geologia
07 Física e Química
16 Matemática
Classificações Mínimas
Nota de Candidatura: 140 pontos
Provas de Ingresso: 140 pontos
Fórmula de Cálculo
Média do secundário: 50%
Provas de ingresso: 50%

Ciclo básico de medicina, Madeira

O Ciclo Básico da Medicina que corresponde aos primeiros dois anos do curso de licenciatura em Medicina tem como finalidade criar as condições que permitam o acesso dos alunos inscritos na Universidade da Madeira, ao Ciclo Pré-Clinico (3ºano) do curso de licenciatura em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, ao abrigo de Protocolo existente entre estas duas Universidades, onde poderão terminar a sua licenciatura.

Ciclo básico de medicina, Açores
            O curso ministra, ao abrigo do protocolo existente entre a a Universidade dos Açores e a de Coimbra, os três primeiros anos do ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre em Medicina, da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC).
O curso segue o plano de estudos, incluindo o programa de cada disciplina, da Universidade de Coimbra. 
Os alunos que concluem com aproveitamento os três primeiros anos do curso transitam automaticamente para o 4º ano do curso, na FMUC. As aulas do curso funcionam no campus de Ponta Delgada da Universidade dos Açores e em ambiente hospitalar no Hospital do Divino Espírito Santo e no Centro de Saúde de Ponta Delgada.
Pretende-se qualificar os estudantes para o exercício da carreira clínica (pública e/ou privada) após internato geral; carreira académica (ensino superior) e carreira científica (investigação).
Se estiverem interessados, consultem este site: http://www.uac.pt/ensino/curso/8083?departamento=db

As notas de acesso aos cursos de Medicina no ano de 2009 na 1º fase
Universidades
Médias
Ciclo básico de medicina, Açores
178,2
Ciclo básico de medicina, Madeira
178,3
Universidade da Beira Interior
178,5
Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa
178,8
Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
179,5
Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
180,5
Universidade do Minho
181,5
Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Porto
182,0
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
183,7


As notas de acesso aos cursos de Medicina no ano de 2009 na 2º fase
Universidades
Médias
Ciclo básico de medicina, Açores
181,3
Ciclo básico de medicina, Madeira
*
Universidade da Beira Interior
182,8
Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa
181,5
Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
182,5
Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
183,2
Universidade do Minho
183,5
Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Porto
184,2
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
186,3
*Todas as vagas foram preenchidas na 1º fase.


As notas de acesso aos cursos de Medicina no ano de 2010 na 1º fase
Universidades
Médias
Ciclo básico de medicina, Açores
178,2
Ciclo básico de medicina, Madeira
178,2
Universidade da Beira Interior
178,7
Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa
179,3
Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
180,8
Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
181,5
Universidade do Minho
182,7
Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Porto
183,5
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
185,2

As notas de acesso aos cursos de Medicina no ano de 2010 na 2º fase
Universidades
Médias
Ciclo básico de medicina, Açores
*
Ciclo básico de medicina, Madeira
*
Universidade da Beira Interior
183,7
Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa
183,7
Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
186,2
Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
*
Universidade do Minho
186,7
Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Porto
190,2
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
189,5
*Todas as vagas foram preenchidas na 1º fase.







3 comentários:

  1. Flo e Marisa,
    espero que estejam na Universidade e gostar do vosso curso.
    Para as que entrarem na Universidade de Medicina
    temos um serviço de alojamento para alunas universitárias, professoras, ou investigadoras,
    mesmo paralelo às traseiras do Hospital.
    Somos a Residência Universitária Feminina e podem conhecer melhor o serviço em www.ruf.lisboa.ucp.pt ou escrevendo para dirruf@lisboa.ucp.pt

    ResponderEliminar
  2. Ola..preciso mesmo da vossa ajuda.Eu terminei o 12º ano com media 14...baixinha eu sei..mas eu estou disposta a ir para explicaçoes nem que seja todos os dias para se possivel em setembro do ano que vem tentar de novo...mas tenho algumas duvidas que ja as devia de ter esclarecido...
    por exemplo nas provas de ingresso ,tenho que fazer os exames todos? ou seja biologia,geologia,quimica fisica, matemática..ou posso escolher um deles ou 2 deles?Agradecia tambem que me explicassem como calcular a media.Preciso mesmo da vossa ajuda, estou mesmo empenhada.obrigada e agradeço resposta.

    ResponderEliminar